As segundas não são assim tão negras! #5

Desta vez, o tema é: telepatia.

Acontece muitas vezes, entre mim e a Inês estarmos sem falar durante algumas horas e de repente sem nos apercebermos, perguntamos exatamente a mesma coisa uma à outra. Ou começamos a falar do mesmo tema, é assustador, a sintonia que existe entre nós. Fico espantada e sem reação em todas as vezes. O mais impressionante é quando estamos juntas, a coisa ainda fica mais assustadora ahahah.

R: Um dos episódios mais caricatos aconteceu quando estávamos no estágio. Não me lembro do que estávamos a falar, nem em que circunstância, só sei que entretanto saí da sala. Quando voltei, sento-me e faço uma pergunta à Inês. Nunca mais me esqueci da cara dela. Parecia que o mundo nos tinha caído em cima…

I: ahahah eu lembro-me de ficar a olhar para ti e ter perguntado qualquer coisa como “??…desculpa, mas eu falei-te disso à bocado? Não estou a perceber…” e tu “ah? ai não estou a perceber nada “ é que basicamente à minutos atrás eu tinha pensado em perguntar à raquel exatamente o mesmo que a raquel estava a perguntar e ao mesmo tempo a responder ao que eu queria ter perguntado. A forma como ela perguntou parecia a continuação de uma conversa. Foi a primeira vez que o meu cérebro bloqueou completamente e não percebi o que se estava a passar. O mesmo acontece no chat, para vocês pode parecer algo normal, mas para nós começa a ser muito recorrente. Muitas vezes penso “se me esquecer de lhe dizer isto não tem mal, porque de uma forma ou de outra ela vai falar sobre isto mais tarde ou mais cedo”.

R: Na altura fiquei super assustada parecia que tinha acontecido alguma coisa de grave. Ficámos as duas a olhar uma para a outra, a controlar muito a nossa reação! Nunca me vou esquecer ahahah. Em muitas situações parece que já te conheço há muitos anos e que sempre fomos amigas, não consigo pôr isto em palavras. São momentos que nos marcam. Como costumamos dizer “acho que noutra vida já éramos amigas”, algo nos juntou e um dia vamos descobrir o porquê!!  É o grande mistério da nossa amizade.

I: Sem dúvida, até porque ao contrário do que muita gente pensa, ao longo da nossa vida académica tivemos projetos juntas como é o caso do mestrado, em que nada fizemos para que isso acontecesse, simplesmente os nossos interesses começaram a coincidir. Já nos foi dito “sabem que depois no emprego não vão estar juntas, vão ter de trabalhar sozinhas!” e nós estamos completamente habituadas a isso, embora por vezes as pessoas pensem que temos uma ótima ligação e não conseguimos viver uma sem a outra. Amigos, conseguimos sim, calma lá! Simplesmente não temos culpa de sermos uma boa dupla eheh. (e temos o chat, ajuda a não viver uma sem a outra :p )  

R:  Verdade! Verdadeira! Claro que conseguimos viver uma sem a outra. Não é fácil mas vemos isto pelo lado positivo, milhares de histórias para contarmos uma à outra todos os dias. Por isso, tenho-vos a dizer: arranjem amigos que vos leiam o pensamento, para mim é coisa de durar para sempre!

Inês e Raquel.

Share:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

ÚLTIMOS VÍDEOS